Podem os indisciplinados ser felizes?


Desde que comecei a me interessar mais pela área de desenvolvimento pessoal, tive o privilégio de ler e experimentar muitas coisas diferentes. Coisas que me fizeram conhecer melhor e ser mais feliz. Coisas que me inspiraram de tal maneira que ficou este desejo de começar a escrever um blog e partilhar o que aprendi e que funciona comigo.

Mas tenho de ser realista: há tantos blogs fantásticos sobre os temas que tenho abordado aqui, estilos de vida tão interessantes, que tenho de me assumir como uma mera curiosa.

Sou uma interessada nos temas sobre os quais escrevo, mas estou longe de ser uma expert. Em certa medida porque acho que o meu espírito tem esta característica de ser indisciplinado.

Por isso a questão que coloco hoje é: podem os indisciplinados ser felizes?

Acredito que sim.

Não tenho em mim a capacidade de viver uma vida tão zen como a que leio no meu feed do Bloglovin ou nos albuns do meu Pinterest, porque muito embora parte de mim procure esse enriquecimento espíritual, outra parte procura outras coisas, tão diferentes.

E porque a minha procura por ser mais feliz passa por tantas coisas distintas, sinto que não estaria a ser sincera ao limitar os temas abordados aqui. E de que serve escrever um blog se não for para ser de coração?

Sou indisciplinada mas começo a perceber que só assim consigo ser verdadeiramente feliz. Se também tu o és, aceita-o e vive-te plenamente.

Photo credit: Stuck in Customs via Visualhunt / CC BY-NC-SA

Comentários

  1. Olá Sofia!
    Respondendo à tua pergunta: na minha opinião os indisciplinados podem ser felizes sim. Qualquer pessoa o pode ser desde que queira e que lute por isso. A felicidade são momentos e somos nós que os determinamos. Não existem nem vidas, nem pessoas perfeitas. Podemos sim trabalhar para nos sentirmos e para sermos pessoas melhores mas vamos ter sempre as nossas fraquezas. Há que viver cada coisa, aceitar e lutar por um amanhã melhor!
    Beijinho enorme e obrigada pela visita ao meu cantinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Catarina,
      Tem sido uma grande aprendizagem e estou tão mais feliz hoje do que no passado.
      No entanto, ao ler blogs como o teu e outros, percebo que ainda há tanto por descobrir e fazer.
      Tenho consciência que não sou daquelas pessoas mega disciplinadas... sou mais de fases, por isso esta aprendizagem tem de ir sendo feita ao meu ritmo :) Mas acredito que parte de ser feliz passa pela aceitação do que somos e das nossas limitações.
      Não agradeças é mesmo um prazer visitar-te.
      Beijinho!

      Eliminar
  2. Claro que sim. Admito que também sou indisciplinada, e sou muito feliz cá ao meu jeito. Nem conheço outra forma de o ser.
    Beijo Sofia, mais feliz.

    ResponderEliminar
  3. Agora disseste uma grande verdade Maria.. temos de ser felizes ao nosso jeito, porque isto de ser feliz acaba por ser algo muito nosso :) beijinho e bem vinda :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário