Dedicar Felicidade, por Mariana de Chá & Girassóis


Desde Setembro que tenho convidado várias bloggers a falar sobre temas com os quais se identifiquem e que, de alguma forma, se relacionem o tema nuclear deste blog que é a felicidade. Isto porque tenho percebido como o termo "felicidade" é algo muito lato e pessoal, pelo que diferentes abordagens e pontos de vida enriquecem a "discussão" em torno do que nos faz mais felizes.

Depois de termos os contributos da Mafalda sobre o desapego dos bens materiais e da Anabela sobre hábitos que a tornam mais feliz, é a vez da doce Mariana nos falar sobre dedicar felicidade (e se alguém sabe dedicar é ela e o seu maravilhoso Projecto Cartas Cruzadas). Obrigada :-)

Se também quiseres escrever aqui no blog sobre um tema que gostem e que de alguma forma vá ao encontro do tema nuclear (felicidade) entrem em contacto para o email seraindamaisfeliz@gmail.com

------------------------------------

Dedicar Felicidade


Algures em 2009, no pico da minha adolescência, li um livro do Dalai Lama e evidenciei a seguinte frase: 

Um meio eficaz para combater a angúsita é preocupar-se menos consigo e mais com os outros. Quando vemos realmente as dificuldades dos outros as nossas perdem importância. Quando os ajudamos a nossa confiança aumenta e a nossa angústia diminui. Evidentemente é preciso que a nossa vontade de ajudar seja sincera. [...]" 

Nos dias de hoje ainda a sei de cor porque a tatuei em mim como se fosse um dos meus 10 mandamentos.

Na verdade, este foi o meu primeiro encontro com o conceito de: “ser feliz”. Quando a Sofia me disse para falar sobre felicidade, nem pensei duas vezes. Esta frase assolou logo o meu pensamento. Para mim – e sim, sei que isto é um cliché – mas a felicidade tem que ser realmente partilhada. Da mesma forma que um chá não fica completo sem uma caneca e da mesma forma que a Primavera só fica completa com as flores, acredito que assim também é com a felicidade.

Para mim, a felicidade é dedicar-nos. Dedicar tempo a quem nos faz feliz, ao que nos faz feliz e a tornar as pessoas mais felizes. A primeira vez que evidenciei isso foi no primeiro evento de “Abraços Grátis” que organizei. Um simples abraço, de olhos fechado e bem apertado, mudou o dia de alguém. A minha felicidade em abraçar, abraçou essa pessoa também. O tempo continuou e a vida ensinou-me que existem formas tão simples de fazer os outros felizes com a nossa felicidade: um lembrete no espelho, uma carta surpresa na caixa de correio, os chocolates favoritos, o desenho do elemento da família mais novo, um ombro a amparar as lágrimas.

A energia que sinto ao ser feliz é demasiado grande para caber no meu corpo. Aprendi e amo partilhá-la. Dar mãos a quem chora, ouvir quem quer falar, acompanhar os silêncios e dizer “está tudo bem”. Ser feliz, do coração, é entrega-lo também a alguém com um sorriso que ninguém quer recusar.
Falo em felicidade mas devia falar em felicidades. Porque a minha felicidade é plural. É escrever este artigo por mim, para a Sofia e para tu que lês. Plural. Conjunto. Dedicar felicidade, dedicando vida: há outra maneira de viver e sentir?

Breve Bio:
Sou a Mariana, tenho 23 anos, mulher do norte (e do mundo). Sou Psicomotricista de profissão, criadora do Projecto Cartas Cruzadas por coração e vegetariana por vocação. Sou uma pessoa com convicções fortes: acredito que os abraços curam, que os sorrisos falam e que o olhar perdoa. Acredito também que viajar é uma forma de se ser mais sábio e que as cartas transmitem felicidade. Defendo que podemos ser felizes com pouco e que o maior respeito que temos que ter é para com o nosso planeta. Tento viver uma vida leve, minimalista e sempre com determinação a atingir os meus objetivos. E sobre isto tudo é também o meu blogue: o meu recanto mais feliz, cheio de chá e girassóis.

Imagem: Unsplash
------------
Segue também no Bloglovin e Facebook

Comentários

  1. A Mariana é muita bondade num só coração❤

    ResponderEliminar
  2. A Mariana é uma menina com um coração enorme. Tem tanto amor dentro dele que transborda, e resulta em coisas tão bonitas como é o exemplo do projecto das cartas cruzadas!
    Beijinho enorme as duas💙💙

    ResponderEliminar
  3. Parabéns Sofia :)
    Adorei ler as palavras da Mariana, realmente vocês são inspiração :)
    Vou espreitar o blog da Mariana, porque acho que vou gostar. Já passei lá, mas fui a "correr", não prestei grande atenção, agora acho que vou lá "ficar" ;)
    Obrigada por estas partilhas boas :)
    Beijinhos grandes :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho Sandra. E sim, espreita porque vale a pena! Beijinhos*

      Eliminar

Enviar um comentário