És feliz ou és aceite?


Qual o preço que estás disposta a pagar para ser aceite? Não por ti mas pelos outros - a família, os amigos, a sociedade.

Esta questão não é nova e sendo a máxima deste blog "Be Happy . Be Bright . Be You" é algo que já abordei várias vezes e de diferentes formas.

Mas, mesmo assim, de quando a quando, a vida dá-nos daqueles "wake up calls" que coloca questões como esta novamente em primeiro plano.

E cada vez percebo que procurarmos aceitação externa, é um negócio que não compensa mesmo! 

Conscientemente parece uma boa ideia (mesmo que, lá no fundo, sintamos que algo ali não faz sentido) e, por isso, jogamos todas as nossas fichas (como se diz no Poker, fazemos um "all in"). Os outros (claro!) aplaudem de pé esta jogada arriscada, não interessa se ela te faz feliz ou não, o que interessa é que é socialmente aceite e por isso é uma boa decisão.

E perante tanta gratificação externa, ficamos algum tempo anestesiados e inebriados. Mas depois, a consciência, essa pequena maldição do ser humano (ironia) começa a manifestar-se. Primeiro, chega de forma muito subtil, mas depois vai crescendo ao ponto de tomar conta de nós.

E pensas: a vida não pode ser só isto. A vida tem de ser mais do que isto. Não é suposto eu viver infeliz.

Sinceramente, venho a aperceber-me que a sociedade ensina-nos a ser infelizes. Pois, se somos todos diferentes, como pode existir seja o que for que é "socialmente aceite"?

Ser eu mesma e seguir a minha verdade tem sido uma luta constante (e tão desafiante) mas recuso-me a fazer "all in" só porque dizem que é suposto. E quando a pressão externa é tão intensa e dou por mim a questionar tudo o que sou e acredito, sabes o que faço? Afasto-me e vou para o meu canto, meditar. Porque só eu sei como posso ser mais feliz.

E tu? És feliz ou és aceite?

Comentários

  1. Não sei se é da idade (tenho 44) mas, neste momento pouco me interessa ser aceite por terceiros que não as minhas filhotas e o meu marido. O resto do mundo pouco me importa.,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deste lado (com 31) ainda é um work in progress :)
      Com a idade perdemos algumas coisas mas ganhamos tantas outras, não é verdade? :)
      Beijinhos!

      Eliminar

Enviar um comentário