Como a não-ação pode revolucionar a tua vida


É difícil de perceber o que é isto da ação pela não-ação. Como é que se age sem fazer nada? E como é que isso pode mudar a tua vida para melhor?


A DIFICULDADE DE NÃO AGIR


Nasces numa sociedade que sobrevaloriza a ação e que te estimula permanentemente a tomar decisões.
Desde pequena que procuras estar sempre na linha da frente, cumprindo provas, atingindo desafios ou ultrapassando obstáculos. 
És formatada para estar em constante movimento e fazem-te acreditar que isso é o certo. Resultado: perdes a tua capacidade inata de exercer a ação pela não-ação.


O PODER DE NÃO AGIR


Acredito que a ação pela não-ação é uma capacidade inata a todas nós. Mas, pelos motivos que descrevi em cima, não só não a exercemos, como a vemos como algo negativo e que não produz resultados. Mas é exatamente o oposto. A ação pela não-ação é poderosa e muda a nossa vida para muito melhor.

Falo por experiência própria.

Eu sempre tive dificuldade em não agir, em esperar o tempo das coisas, e isso fazia de mim uma pessoa impulsiva e reactiva. Perante uma situação qualquer, precipitava-me a fazer ou decidir algo sobre ela. Na altura, desculpava-me de que "era a minha personalidade". Hoje sei que era apenas falta de percepção e consciência.

Depois de bater muitas vezes com a cabeça na parede, resolvi começar a olhar para dentro e a tentar perceber o porquê das minhas atitudes. Fui descobrindo que a reação acabava por atrasar o curso natural das coisas e que nada tinha de ser assim tão imediato. A pouco e pouco, fui largando a ansiedade, e deixando a vida fluir.


COMO RESGATAR A CAPACIDADE DA AÇÃO PELA NÃO-AÇÃO

Como podes começar a resgatar a tua capacidade inata da ação pela não-ação? Como podes aplicá-la e desenvolvê-la na tua vida?

#1 Conhece-te - este é o principio de tudo. É o auto-conhecimento que te vai dar as ferramentas necessárias para reduzir o ruído exterior, conseguires ouvir-te e perceberes os pequenos sinais que a vida te dá.

#2 Confia - quando te ouves e estás a atenta aos pequenos sinais, vais perceber que existe razão de ser em muita coisa. Isso cria um sentimento de confiança e reduz a ansiedade de querer reagir ou agir pela mente.

#3 Relaxa - quanto mais te conheces, mais conectada estás com a tua verdade, e isso permite-te entrar num estado de relaxamento-alerta. Ou seja, estás confiante e em paz, mas não deixas de estar atenta. 

#4 Age - ao conseguires integrar os 3 passos anteriores, consegues resgatar a tua capacidade de ação pela não-ação. Primeiro, consegues silenciar o ruído, que te permite captar a realidade como ela e isso faz com que ajas no momento certo, seja através de uma ação ou uma não-ação.

A grande diferença de uma "não-ação" do "não fazer nada" é a paz interna que sentes. Mesmo que tudo à tua volta esteja uma confusão, lá no fundo, tu sabes que o certo a fazer é esperar. E em caso de dúvida entre uma ação e não-ação, já sabes qual é a minha "recomendação mágica": meditação.

E tu? Sentes que tens capacidade de ação pela não-ação? O que podes fazer hoje para a exercitares e melhorares?

Photo by Anton Darius | @theSollers on Unsplash

Comentários

  1. Sofia,

    Maravilhoso post, será muito útil para mim. Gostei dos passos.

    Infelizmente somos desde cedo doutrinados à ação. Talvez por isso, a sociedade de forma geral esteja tão cansada, estressada, com aquela sensação de incompletude, sem viver um vida que realmente vale a pena ser vivida.

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderEliminar

Enviar um comentário